Arquivos do Blog

Manipulating Large Data Sets

Já vimos anteriormente como popular uma tabela no momento da sua criação utilizando subquery, muitas vezes referida como “CREATE TABLE AS SELECT”, ou CTAS. Vamos rever esse tópico novamente mostrando uma sintaxe alternativa também. A primeira observação a se fazer

Marcado com: , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Certificação Oracle, SQL, SQL Expert

EXISTS and WITH

Nesse post irei finalizar o assunto sobre Subquerys, abordando o operador EXISTS e a cláusula WITH. Vamos começar com EXISTS. O operador EXISTS apenas teste se a query retornou algum resultado ou não, retornando true caso exista pelo menos menos

Marcado com: , ,
Publicado em Sem categoria

Subquerys

Subquerys nada mais é que uma query aninhada dentro de outra query. Podemos aninhar quantas querys queremos, e elas podem estar presentes no SELECT, FROM, WHERE, HAVING. Apenas na cláusula FROM é que podemos aninhar “apenas” 255 querys, em outros

Marcado com: ,
Publicado em Sem categoria
Esse Blog é reconhecido pela
Certificações
Sou articulista
Sou articulista

Clique para seguir este blog e receber notificações via email de novos posts.

Tércio Costa

Tércio Costa

Formado em Ciências da Computação pela UFPB com experiência em Servidores Windows Server e Linux e banco de dados Oracle desde 2008 juntamente com os seus serviços. Desenvolvimento de Sistemas em Java SE com banco de dados Oracle e MySQL. Certificado Oracle Certified SQL Expert, mantendo o blog https://oraclepress.wordpress.com/ reconhecido pela OTN, articulista na OTN, portal http://www.profissionaloracle.com.br/gpo e na revista SQL Magazine.

Links Pessoais

Serviços verificados

Visualizar Perfil Completo →

Total de Visualizações da Página
  • 57,537 Visualizações