Iniciado no Oracle Cloud com o Always Free Tier

Nesse post vamos aprender como iniciar no Oracle Cloud, melhor ainda, com o Free tier.

O Aways Free Tier é alguns serviços que a Oracle disponibilizou de forma gratuita, com a promeça de ser de graça para SEMPRE!

Isso mesmo, para sempre. E os serviços não são poucos, dá pra utilizar bastante. Os serviços gratuitos disponíveis são:

  • Duas VMs
  • Dois Database
  • Load Balance
  • Block Volume(100GB)
  • Object Storage(20GB)

Vamos focar um pouco aqui no post no que interessa mais. No database e na VM. Vejamos como criar e usar esses serviços.

Para começar, devemos criar uma conta no seguinte link: https://www.oracle.com/cloud/free, e clique em start for free.

Preencha todos os seus dados, como CPF e cartão de crédito. Não se preocupe com o cartão, eles pedem essa informação caso você queria realizar o upgrade da conta. Tem que ser um cartão de crédito internacional e válido. Eles vão passar uma compra simbólica e logo após cancelar.

Após criar a conta, irá levar alguns minutos para preparar todo o seu ambiente. Depois de pronto, a sua tela será igual a essa:

Então, vamos iniciar os trabalhos. Vamos criar o nosso Database.

No menu esquerdo, em Database, clique em Autonomous Transaction Processing e depois em Create Autonomous Database.

Digite o nome do seu banco, conforme desejado e a senha de admin, o resto pode deixar o default.

Depois de poucos minutos ou segundos, o seu database estará pronto, passando de Provisioning para Available:

Clique em Service Console, irá abrir uma outra aba no seu navegador:

Clique no lado esquerdo, em development.

Depois em SQL Developer WEB, irá abrir outra aba para você digitar o usuário e senha do banco, admin. Você terá acesso total ao banco agora.

Volte para o service console. Ainda em Development, você poderá ter acesso ao APEX caso deseje, uma ótima ferramenta de desenvolvimento.

Clique do lado esquerdo em administration.

Clique em Download Client Credentials (Wallet)

Digite a senha do banco e clique em download. Será salvo um arquivo .zip.

Abra o seu SQL Developer e crie uma nova conexão. Em tipo de Conexão, selecione Wallet do Cloud. Em Arquivo de Configuração, selecione o arquivo zip que você salvou no passo anterior. Digite o nome da conexão, o usuário e a senha e pronto, você já esta conectado no seu Oracle Database na Cloud.

Vamos agora criar uma VM para o nosso uso. Antes disso, será necessário criar uma Network. Que é bem fácil.

No menu esquerdo, clique em Core Infrastructure >> Networking >> Virtual Cloud Network. Clique em Create Virtual Cloud Network.

Digite o nome desejado e selecione CREATE VIRTUAL CLOUD NETWORK PLUS RELATED RESOURCES.

Antes de criar a nossa VM, será necessário criar uma SSH Key para autenticação.

No Linux, você pode criar esse par de chaves, pública e privada usando o seguinte comando:

ssh-keygen -b 2018 -t rsa

Quando executar o comando acima no linux, ele vai perguntar em que diretório vai salvar o arquivo, nome do arquivo, qual a senha e etc. Ele vai salvar dois arquivos. Um .pub que você vai usar na hora de criar a VM, e um sem extensão, que você usa para se conectar na VM. É um par de chaves.

Agora, Vamos criar a VM. No meu esquerdo, vá em Core Infrastructure >> Compute >> Instances e clique em Create Instance.

Digite o nome desejado para identificar a sua VM, selecione o sistema operacional(Recomendo o Oracle Linux mesmo). Clique em Hude Shape, Network e Storage Options, assim irá abrir mais opções.

Perceba, que para os serviços gratuitos, é só deixar o padrão mesmo.

Apenas em networking, selecione o Vitual Cloud Network que você criou no passo anterior e também que deseja um IP Público.

Por último, vamos selecionar a key que criamos, o arquivo .pub, e clique em create.

Espere terminar o provisioning e passar a ficar running. Com isso você poderá ver o public IP Address.

Agora, vamos conectar via ssh a nossa máquina.

chmod 400 oraclecloud-key-terciocosta
ssh -i oraclecloud-key-terciocosta opc@xxx.xxx.xxx.xxx

Meu nome é Tércio Costa, sou formado em Ciências da Computação pela UFPB, tenho a certificação OCA 12c, Oracle SQL Expert e OCP PL/SQL, mantendo um blog reconhecido pela OTN(oraclepress.wordpress.com), no qual também publico artigos técnicos no portal OTN, no portal http://www.profissionaloracle.com.br/gpo e na revista SQL Magazine. Além de tudo isto sou um Oracle ACE por estar sempre contribuindo para a comunidade com um bom nível de expertise.

Marcado com: , , , ,
Publicado em Cloud

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Esse Blog é reconhecido pela
Sou um
Certificações
Sou articulista

Clique para seguir este blog e receber notificações via email de novos posts.

Tércio Costa

Tércio Costa

Meu nome é Tércio Costa, sou formado em Ciências da Computação pela UFPB, tenho a certificação OCA 12c, Oracle SQL Expert e OCP PL/SQL, mantendo um blog reconhecido pela OTN(oraclepress.wordpress.com), no qual também publico artigos técnicos no portal OTN, no portal http://www.profissionaloracle.com.br/gpo e na revista SQL Magazine. Além de tudo isto sou um Oracle ACE por estar sempre contribuindo para a comunidade com um bom nível de expertise.

Links Pessoais

Serviços verificados

Visualizar Perfil Completo →

Total de Visualizações da Página
  • 161.532 Visualizações
%d blogueiros gostam disto: