Apply guidelines when using conditional control structures

Neste post, iremos ver algumas orientações da própria Oracle de como utilizar estruturas condicionais, na qual foi vista no post anterior. Vamos ver algumas dessas orientações relacionadas ao IF e CASE.

Primeiramente sobre o case é que, se for para comparar uma única variável contra vários valores, seria melhor utilizar um CASE do que vários IF com ELSIF. Mas caso for utilizar o IF, devemos estar atentos as orientações do mesmo.

A primeira orientação relacionada ao uso do IF seria de utilizar o ELSIF ao invés de utilizar e aninhar vários IF. Fazendo isto, o nosso código fica bem mais legível.

Outra orientação se diz respeito a valores booleanos. A orientação nos diz que devemos atribuir logo o valor booleano ao invés de verificar o mesmo através de um IF, veja no exemplo abaixo.

--EXEMPLO ERRADO
DECLARE
  v_1 INTEGER := 1;
  v_2 INTEGER := 2;
  v_boolean BOOLEAN;
BEGIN
  IF v_1 > v_2 THEN
    v_boolean := TRUE;
  ELSE
    v_boolean := FALSE;
  END IF; 
END;
/

--EXEMPLO CORRETO
DECLARE
  v_1 INTEGER := 1;
  v_2 INTEGER := 2;
  v_boolean BOOLEAN;
BEGIN
  v_boolean := v_1 > v_2;
END;
/

Uma última orientação que irei falar neste post é a que não devemos comparar valores booleanos com os valores TRUE ou FALSE em um IF por exemplo. Ao invés disto, devemos referenciar apenas a variável conforme ilustrado abaixo.

DECLARE 
  v_boolean BOOLEAN := TRUE;
BEGIN
  --MODO ERRADO
  IF v_boolean = TRUE THEN
    NULL;
  END IF;
  --MODO CORRETO
  IF v_boolean THEN
    NULL;
  END IF;
  --PODEMOS TESTAR O VALOR INVERSO TAMBÉM
  IF NOT v_boolean THEN
    NULL;
  END IF;
END;
/
Anúncios

Formado em Ciências da Computação pela UFPB com experiência em Servidores Windows Server e Linux e banco de dados Oracle desde 2008 juntamente com os seus serviços. Desenvolvimento de Sistemas em Java SE com banco de dados Oracle e MySQL. Certificado Oracle Certified SQL Expert, mantendo o blog https://oraclepress.wordpress.com/ reconhecido pela OTN, articulista na OTN, portal http://www.profissionaloracle.com.br/gpo e na revista SQL Magazine.

Marcado com: , ,
Publicado em PL/SQL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Esse Blog é reconhecido pela
Certificações
Sou articulista
Sou articulista

Clique para seguir este blog e receber notificações via email de novos posts.

Tércio Costa

Tércio Costa

Formado em Ciências da Computação pela UFPB com experiência em Servidores Windows Server e Linux e banco de dados Oracle desde 2008 juntamente com os seus serviços. Desenvolvimento de Sistemas em Java SE com banco de dados Oracle e MySQL. Certificado Oracle Certified SQL Expert, mantendo o blog https://oraclepress.wordpress.com/ reconhecido pela OTN, articulista na OTN, portal http://www.profissionaloracle.com.br/gpo e na revista SQL Magazine.

Links Pessoais

Serviços verificados

Visualizar Perfil Completo →

Total de Visualizações da Página
  • 63,248 Visualizações
%d blogueiros gostam disto: