Arquivo mensal: novembro 2015

Exceptions

Vamos ver um pouco mais sobre o Exception Block. Ele foi visto rapidamente em um dos posts introdutórios, apenas falando sobre os blocos existentes no PL/SQL. Como já foi dito em um post passado, esse bloco serve para tratar erros

Marcado com: , , , , , ,
Publicado em PL/SQL

Iterative Structures

Já vimos um pouco sobre estruturas iterativas antes, quando vimos alguns exemplos que possuíam um FOR. Uma estruturas dessas nada mais é que algo que nos permite repetir um determinado trecho de código n vezes. Iremos ver 3 desses mecanismos

Marcado com: , , , , , , , , ,
Publicado em PL/SQL

Control Structures

Com as estruturas de controle podemos verificar antes de executar algo ou então entrar em uma interação, um laço(loop), enquanto uma certa condição é satisfeita ou até ser instruída explicitamente a sair do laço. Neste post iremos ver as estruturas

Marcado com: , , , ,
Publicado em PL/SQL

Composite Data Types – Parte II

PL/SQL Record Type Um PL/SQL Record Type é o segundo tipo de dados composto que veremos aqui no blog. Ele nada mais é que uma linha de dados com dois ou mais campos de dados. Veja um exemplo bem simples

Marcado com: , , , , , ,
Publicado em PL/SQL

Composite Data Types

Os tipo de dados escalares já conhecemos muito bem nesse blog e os mais comuns são: caracteres, datas e números. Vamos então nos concentram nos compostos que possuem mais de um valor. Tipos de dados compostos são similares a uma

Marcado com: , , , , , ,
Publicado em PL/SQL

Attribute and Table Anchoring

Attribute and Table Anchoring se refere a passar por referência o tipo de dados para a variável, referente a uma coluna ou a uma tabela no caso de uma variável composta. Ficou difícil de entender? Vejamos algum exemplo. lv_var_type tabela1.coluna1%TYPE;

Marcado com: ,
Publicado em PL/SQL

Stored Named Blocks

No post anterior vimos blocos nomeados mas apenas para uso local. Podemos salvar no banco esses blocos nomeados para uso futuro, se tornando assim um objeto do schema. Mas diferentemente de um bloco anônimo,uma stored procedure tem acesso apenas aos

Publicado em Sem categoria
Esse Blog é reconhecido pela
Certificações
Sou articulista
Sou articulista

Clique para seguir este blog e receber notificações via email de novos posts.

Tércio Costa

Tércio Costa

Formado em Ciências da Computação pela UFPB com experiência em Servidores Windows Server e Linux e banco de dados Oracle desde 2008 juntamente com os seus serviços. Desenvolvimento de Sistemas em Java SE com banco de dados Oracle e MySQL. Certificado Oracle Certified SQL Expert, mantendo o blog https://oraclepress.wordpress.com/ reconhecido pela OTN, articulista na OTN, portal http://www.profissionaloracle.com.br/gpo e na revista SQL Magazine.

Links Pessoais

Serviços verificados

Visualizar Perfil Completo →

Total de Visualizações da Página
  • 53,395 Visualizações